Sabia que?
Pessoas, especialmente crianças, que não lavam bem os lábios após a última refeição, podem sofrer com as baratas que se alimentam de resquícios de alimento nos seus lábios, podendo causar um tipo de erupção dérmica, denominada Herpes blattae. Da mesma maneira os cílios, unhas e ferimentos expostos também estão sujeitos à acção roedora das mandíbulas das baratas.
Serviços › Segurança Alimentar / HACCP


Conceito
O HACCP - Hazard Analysis and Critical Control Points, que pode ser traduzido como Sistema de Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos, é uma metodologia reconhecida internacionalmente e utilizada pelas entidades do sector alimentar. Este sistema foi inicialmente concebido nos EUA pela NASA de modo a garantir alimentos 100% seguros aos seus astronautas.
Com a publicação, em 1991, de "Orientações sobre a aplicação do HACCP" como uma forma de redução da contaminação microbiológica, pela Comissão do Codex Alimentarius, criada pela Organização Mundial de Saúde e pelo Fundo da ONU para a Alimentação para desenvolver padrões de segurança alimentar e directivas, o HACCP tornou-se aceite internacionalmente.


Implementação e Manutenção
A Implementação e Manutenção do sistema HACCP são obrigatórias segundo o Regulamento (CE) 852/2004 do Parlamento Europeu e do Conselho de 29 de Abril.
O Centro Técnico de Desinfecções desenvolve um programa integrado do sistema HACCP com o Controle de Pragas no qual implementa os respectivos requisitos e estabelece os procedimentos necessários à sua manutenção;

- Estabelecimento de pré-requisitos para a implementação do Sistema HACCP;
- Análise e identificação de riscos químicos, biológicos e físicos;
- Elaboração de planos HACCP;
- Monitorização do Sistema / Serviços de Consultoria.


A nossa Metodologia
O sistema HACCP é uma importante ferramenta na protecção alimentar. Assim sendo, o método aplicado pelo Centro Técnico de Desinfecções consiste num método preventivo. A sua implementação previne/minimiza os riscos alimentares, através da eliminação ou redução da probabilidade de ocorrência de uma eventual toxinfecção alimentar. A análise de potenciais perigos para a saúde dos consumidores nas actividades do sector alimentar, a identificação das fases/ locais onde esses mesmos perigos podem ocorrer e a decisão de quais são críticos para a saúde do consumidor são os principais objectivos do Centro Técnico de Desinfecções.
A nossa metodologia permite que as entidades se focalizam nas fases e condições de produção críticos para a segurança alimentar, assegurando através do seu controlo que os seus produtos são seguros em termos de saúde dos consumidores.
A sua aplicabilidade é passível de adaptação às diferentes necessidades de gestão de cada entidade, aplicável a todas as fases da produção, transformação e distribuição de géneros alimentícios, independentemente do tamanho da organização.


Benefícios da integração do Controle de Pragas com HACCP
Apesar das duas actividades serem distintas, apresentam muitos pontos comuns e complementam-se entre si. Isto porque, o Controle de Pragas é um pré-requisito do HACCP e este, por sua vez, é uma ferramenta essencial para rentabilizar a eficácia do Controle de pragas, sendo evidentes várias vantagens:

- Mais-valias comerciais;
- Compatibilidade e eficiência entre processos das 2 actividades;
- Clarificação de conceitos e normas perante entidades fiscalizadoras.


Valorize o seu negócio
Os recentes incidentes relacionados com a segurança alimentar demonstraram que o controlo inadequado ao longo da cadeia de produção pode prejudicar as organizações envolvidas e causar graves consequências na saúde pública. Consumidores e governo exigem uma maior segurança dos Sistemas de Gestão Alimentar ao longo de toda a cadeia, desde os produtores primários até aos exportadores, de produtores de rações a restaurantes. Os clientes querem provas da segurança alimentar para assegurar que a sua organização continuará a satisfazer as suas necessidades a curto e a longo prazo. É um desafio, mas também uma oportunidade da qual as organizações podem beneficiar, diferenciando-se pela Qualidade.

A certificação de acordo com os princípios do HACCP melhora o seu Sistema de Gestão de Segurança Alimentar e a Qualidade do seu produto. Simultaneamente, demonstra o seu compromisso em produzir ou comercializar alimentos seguros, que pode ser particularmente benéfico em caso de inspecção por parte das autoridades reguladoras. Demonstrar um real compromisso com a segurança alimentar pode também transformar o produto, a imagem da organização e actuar como uma ferramenta eficaz na entrada no mercado, abrindo novas oportunidades de negócios em todo o mundo.

Clique aqui para solicitar um orçamento grátis